Ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos PontesMarcelo Camargo/Agência Brasil
Por iG
Em meio aos recentes cortes de investimento na área acadêmica, o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, disse que as bolsas do CNPq que foram congeladas serão retomadas após a normalização no orçamento da pasta.

Marcos Pontes participou de um evento com empresários em Brasília nesta quinta-feira. Ao fim do encontro, o ministro comentou sobre os cortes de bolsas para 2020. “É lógico que, não tendo recursos, não vou poder honrar aquilo, ou iniciar novas chamadas. Seria ilegal fazer isso”, afirmou o ex-astronauta.

Entretanto, Pontes garantiu que, após o orçamento da pasta voltar ao normal, as bolsas que foram congeladas serão retomadas. “Mas assim que o orçamento voltar ao normal, todas as partes que estão suspensas vão voltar à normalidade. E as chamadas do ano que vem vão ser normais também”, disse o ministro.
Ontem, o ministro já havia anunciado um remanejamento de R$ 82 milhões para arcar com o valor das bolsas referentes à setembro. Entretanto, a pasta não possui recursos para arcar com o valor total dos compromissos até o final do ano: R$ 248 milhões.