Jovem que caiu ao escapar do 3º andar: 'Não gosto de lembrar, mas não sai da mente'

Gigiane dos Santos, 24, conta que aguarda uma operação nos calcanhares

Por O Dia

Gigiane dos Santos, 24 anos, aguarda cirurgia no Quinta D'Or, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio
Gigiane dos Santos, 24 anos, aguarda cirurgia no Quinta D'Or, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio -
Rio - A acompanhante que sofreu várias fraturas ao cair enquanto tentava escapar por uma corda improvisada do incêndio no Hospital Baldim, na última quinta-feira, gravou um vídeo de um quarto do Hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio, onde está internada. Gigiane dos Santos, 24, conta que aguarda uma operação nos calcanhares.
"Infelizmente, dói muito tudo o que aconteceu. Eu não gosto de ficar lembrando. Mas também não sai da mente. Agora eu estou aguardando a operação. Torcendo para que tudo dê certo para que eu possa voltar pra minha casa, pros meus filhos, pra minha vida e tudo voltar ao normal", conta a cuidadora que tem dois filhos.
Gigiane acompanhava a idosa Maria Alice Teixeira, uma das vítimas fatais do incêndio. Com a queda de energia e muita fumaça, ela não estava conseguindo visualizar nada a não ser a claridade da janela, e se encaminhou para tentar pedir socorro. Ela tentava descer por uma corda improvisada com lençóis, quando caiu.
Dois pacientes que precisaram ser transferidos durante o incêndio no Hospital Badim para outras unidades receberam alta desde sábado. A unidade divulgou novo balanço na tarde deste domingo. No momento, há 57 pacientes internados, além de 20 familiares e funcionários, que ficaram feridos durante a tragédia, como inalação de fumaça. Havia 41 pessoas internadas na UTI no momento do incêndio.
Gigiane sofreu fraturas ao tentar escapar de 3º andar com uma 'teresa' - Reginaldo Pimenta
A acompanhante chegou a divulgar um áudio pedindo socorro aos amigos. "Gente o hospital que eu tava tomando conta de uma senhora está pegando fogo. Eu tentei pular do terceiro andar e estou toda quebrada no chão no Badim, aqui no Maracanã. Pelo amor de Deus, me ajuda!", disse na quinta-feira.
Em nota, o hospital acrescenta que diariamente o corpo médico do Hospital Badim está visitando todos os pacientes que continuam internados e acompanhando a evolução de seus estados de saúde. "Nosso Grupo de Apoio Multiprofissional segue oferecendo atendimento aos familiares dos pacientes", diz.
Os canais de suporte aos familiares do hospital são os sgeuintes: WhatsApp (exclusivamente por escrito): (21) 97101-3961 e e-mail: suportefamiliares@badim.com.br.
"Mais uma vez, gostaríamos de enfatizar nosso profundo agradecimento às incontáveis manifestações de ajuda e solidariedade que temos recebido desde o ocorrido", finaliza a nota.

Galeria de Fotos

Gigiane dos Santos, 24 anos, aguarda cirurgia no Quinta D'Or, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio Reprodução
Gigiane sofreu fraturas ao tentar escapar de 3º andar com uma 'teresa' Reginaldo Pimenta

Comentários