Dono de padaria que vendia armas é preso após policial se passar por interessado

Investigações do 98° Distrito Policial do Jardim Miriam apontaram que o homem vendia armas de fogo, como pistolas, revólveres, fuzis e carabinas. Todas as armas foram apreendidas pela polícia e tinham a numeração raspada

Por O Dia

Padaria que vendia armas ficava na Rua Doutor Guldemberg, em Pinheiros, São Paulo
Padaria que vendia armas ficava na Rua Doutor Guldemberg, em Pinheiros, São Paulo -
São Paulo - O dono de uma padaria foi preso em flagrante por vender armas na terça-feira em Pedreira, Zona Sul de São Paulo.  Investigações do 98° Distrito Policial do Jardim Miriam apontaram que o homem vendia armas de fogo, como pistolas, revólveres, fuzis e carabinas. Todas as armas foram apreendidas pela polícia e tinham a numeração raspada.

A prisão foi feita quando o policial se passou por interessado na compra de uma arma. O proprietário do estabelecimento, acompanhado por dois seguranças, sugeriu uma pistola calibre 380, que estava carregada.
O policial então se identificou e deu voz de prisão ao homem, que foi autuado e indiciado. Na bolsa do dono da padaria foi encontrado um revólver calibre 38. também carregado. 
No endereço que o homem disse ser sua casa a a polícia não encontrou pertences. No local, havia apenas mais de R$ 4 mil em moedas e R$ 1.690 em dinheiro. Na casa da irmã do dono da padaria havia munição intacta de calibre 45, e deflagradas de diversos calibres.

Comentários