Polícia Rodoviária Federal registrou queda no número de mortos e feridos no feriado do réveillon nas estradas do Rio - PRF/Divulgação
Polícia Rodoviária Federal registrou queda no número de mortos e feridos no feriado do réveillon nas estradas do RioPRF/Divulgação
Por O Dia
Brasília - Termina nesta segunda-feira o prazo para que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) retome o uso de medidores de velocidade móveis e portáteis nas estradas. A Justiça Federal atendeu a um pedido de liminar feito pelo Ministério Público Federal e entendeu que a falta dos radares pode causar danos à sociedade.

A decisão foi confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, na última quarta-feira. Os equipamentos móveis foram recolhidos em agosto, após a publicação de um decreto do presidente Jair Bolsonaro.

O TRF1 negou recurso da União e entendeu que não há motivos para anular a decisão da 1ª instância da Justiça Federal em Brasília, que determinou a retomada do uso de medidores de velocidade móveis e portáteis.