No Alvorada, Bolsonaro diz que jornalistas são 'raça em extinção'

Presidente disse que leitura diária de jornais envenena e desinforma

Por O Dia

Presidente Jair Bolsonaro cumprimenta populares no Palácio da Alvorada
Presidente Jair Bolsonaro cumprimenta populares no Palácio da Alvorada -
Brasília - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que os jornalistas brasileiros são uma "raça em extinção". A declaração foi dada na entrada do Palácio do Alvorada, onde cumprimentou populares. Ele disse que a leitura diária de jornais envenena e desinforma, disse que cada vez menos pessoas confiam na imprensa e acusou o jornal Folha de S. Paulo de escrever mentira.

"Quem não lê jornal não está informado. E quem lê está desinformado. Tem de mudar isso. Vocês são uma espécie em extinção. Eu acho que vou botar os jornalistas do Brasil vinculados ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente). Vocês são uma raça em extinção", afirmou.

O ataque do presidente foi feito ao criticar uma reportagem do UOL que lembra que, apesar de estimular os eleitores a não votarem em candidatos que utilizarem o fundo eleitoral, Bolsonaro usou recursos públicos em sua campanha a deputado federal em 2014.

"O UOL falou: Bolsonaro falou para não votar em candidatos que usem o fundão, mas ele usou em 2014. O fundão é de 2017. É de uma imbecilidade. Não vou dizer todo mundo aqui, para não ser processado pela ANJ (Associação Nacional de Jornais) e não sei o quê, mas é de uma imbecilidade. Não sabe nem mentir mais", disse.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Presidente Jair Bolsonaro cumprimenta populares no Palácio da Alvorada Wilson Dias/Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro cumprimenta populares no Palácio da Alvorada José Cruz/ Agência Brasil

Comentários