Após quatro dias, corpo de menina desaparecida em parquinho é encontrado; vizinho confessou crime

Segundo Agnaldo Guilherme Assunção, ele tomou a decisão de matar a menina após uma briga com familiares dela, levou Emanuelle de bicicleta até o matagal afirmando que eles colheriam mangas para presentear a mãe da garota e a matou

Por IG - Último Segundo

Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, desapareceu no fim da tarde de sexta-feira (10), em Chavantes (SP)
Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, desapareceu no fim da tarde de sexta-feira (10), em Chavantes (SP) -
Rio - Após quatro dias de busca, o corpo da menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrado na cidade de Chavantes, interior de São Paulo, na noite desta segunda-feira (13).

Emanuelle desapareceu enquanto brincava em uma praça perto de casa, no bairro de Três Cantos, também na cidade de Chavantes. Após mobilização da cidade em buscas, um vizinho da família, Agnaldo Guilherme Assunção, confessou que matou a menina a facadas e enterrou o corpo em uma área de matagal.

Segundo Agnaldo, ele tomou a decisão de matar a menina após uma briga com familiares dela, levou Emanuelle de bicicleta até o matagal afirmando que eles colheriam mangas para presentear a mãe da garota e a matou.

O homem foi preso de forma preventiva para que não fosse linchado pela população. O corpo de Emanuelle foi retirado da área de difícil acesso com ajuda de um trator e levado para o Instituto Médico Legal.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários