Menina de 12 anos é achada viva após passar 18 horas soterrada

Garota disse ter gritado muito por socorro enquanto estava deitada sob a neve, após a avalanche ocorrida na região da Caxemira controlada pelo Paquistão

Por AFP

Residentes locais procuram as vítimas de avalanches na neve no Vale Neelum, na Caxemira administrada pelo Paquistão em 15 de janeiro de 2020.
Residentes locais procuram as vítimas de avalanches na neve no Vale Neelum, na Caxemira administrada pelo Paquistão em 15 de janeiro de 2020. -
Paquistão - Uma menina de 12 anos foi encontrada viva na terça-feira após passar 18 horas soterrada por uma avalanche no Himalaia, na Caxemira, que destruiu a casa da família dela, informou a mãe da criança ontem.

A garota disse ter gritado muito por socorro enquanto estava deitada sob a neve, após a avalanche ocorrida na região da Caxemira controlada pelo Paquistão.

Pelo menos 124 pessoas morreram em avalanches do Himalaia desde segunda.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários