Presidente do MDB diz que filiação de Datena 'recupera' o partido

Apresentador já foi do PT (por 13 anos) e passou por PP, PRP e DEM antes de se filiar ao MDB. Composição de chapa com atual prefeito de SP, Bruno Covas (PSDB), é uma possibilidade

Por ESTADÃO CONTEÚDO

José Luiz Datena
José Luiz Datena -
São Paulo - O presidente do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), disse que a filiação do apresentador José Luiz Datena ao partido ajuda na recuperação da sigla, que já mudou de nome e também de comando.

"Sua filiação tem um significado de recuperação do nosso partido na maior cidade do País", afirmou Rossi. Não está definido, no entanto, se o jornalista participará das eleições como candidato a prefeito da capital ou mesmo vice. De acordo com declaração dada por Datena ao Estado, compor a chapa do atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), é uma possibilidade.

A cerimônia de filiação do apresentador ocorreu nesta quarta-feira, na presidência do partido na Câmara em Brasília Ela contou com a presença do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que assinou como testemunha da filiação, e do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e de diversos políticos do MDB e outros partidos.

Com a oficialização da escolha partidária, o MDB passa a ser o quinto partido de Datena, que integrou o PT por 13 anos, depois passou pelo PP, PRP e DEM. Até duas semanas atrás, o presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, estava à frente das negociações para que Datena se filiasse ao MDB e concorresse à prefeitura pelo partido com apoio do presidente Jair Bolsonaro. Skaf é um dos organizadores do Aliança pelo Brasil em São Paulo.

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, no entanto, Datena procurou se afastar de Bolsonaro e disse que pode ser candidato a vice do prefeito Bruno Covas (PSDB), com apoio do governador João Doria (PSDB). "O meu compromisso seria com o Bruno (Covas), que é um cara que desenvolvi uma amizade muito rápida. Ele é um bom cara. Nós não avançamos, mas é uma possibilidade. A maior probabilidade é de que eu saia candidato pelo MDB. Vou me filiar após o carnaval", disse ele, à época.

Embora seja cotado para vice de Covas, Datena tem dito a interlocutores que seu foco político está nas eleições de 2022, quando pretende disputar o Senado ou o governo de São Paulo. Na eleição passada, o apresentador chegou a se lançar candidato ao Senado pelo DEM, na chapa de Doria, mas recuou.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários