Presidente da República Jair Bolsonaro - Marcos Corrêa/PR
Presidente da República Jair BolsonaroMarcos Corrêa/PR
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Brasília - Ainda se negando a apresentar o resultado de seus exames para o novo coronavírus, o presidente da República, Jair Bolsonaro, disse ter feito novo teste, desta vez usando um nome codificado. Ele argumentou ter essa prática, há anos, para fazer remédio de manipulação e usou a mesma tática, justamente para não ser questionado sobre sua saúde. "Fiz dois exames (para covid-19), ambos deram negativo", afirmou em entrevista ao Programa Brasil Urgente, ancorado pelo jornalista José Luiz Datena.

Bolsonaro realizou exames no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, que mantém em sigilo nomes de pacientes que fizeram o teste no local.

O governador Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirmou nesta semana que se trata de uma obrigação do presidente apresentar seu exame à sociedade. "Lógico, todos nós, como homens públicos, temos de apresentar os resultados. Isso é uma obrigação como gestor público", disse ele.