Hospital de Campanha do Pacaembu tem a primeira morte registrada por coronavírus

Um homem de 36 anos, portador de doença de Chagas, apresentou piora clínica e morreu

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Hospital de Campanha do Pacaembu
Hospital de Campanha do Pacaembu -
São Paulo - O Hospital de Campanha do Pacaembu, Zona Oeste de São Paulo, registrou neste domingo, 12, a primeira morte pelo novo coronavírus, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). De acordo com a pasta, um homem de 36 anos, portador de doença de Chagas, apresentou piora clínica e morreu.

Neste domingo, até as 15h, os dois hospitais de campanha da cidade de São Paulo (Pacaembu e Anhembi) registraram 74 pacientes internados.

O Hospital Municipal de Campanha do Pacaembu está com 61 leitos ocupados. Deste total, 55 pacientes estão em leitos de baixa complexidade e seis mais graves na sala de estabilização.

Segundo a SMS, três pacientes tiveram alta e vão seguir o tratamento em domicílio, e está prevista, ainda para este domingo, a admissão de mais 19 pacientes.

Já o Hospital de Campanha do Anhembi, com 326 leitos prontos para a operação e que recebeu o primeiro paciente no sábado, tem 13 pessoas internadas em leitos de baixa e média complexidade. Desses, 12 estão em leitos de enfermaria e um na sala de estabilização.

Comentários