Bruno Covas (PSDB), com 32,85%, e Guilherme Boulos (PSOL), com 20,24%, vão para o segundo turno - Gildson Souza/Secom
Bruno Covas (PSDB), com 32,85%, e Guilherme Boulos (PSOL), com 20,24%, vão para o segundo turnoGildson Souza/Secom
Por IG - Último Segundo
São Paulo - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista, nesta quarta-feira. Segundo assessoria do político, Covas, que trata um câncer na cárdia, apresentou um desconforto abdominal.

Na instituição de saúde, ele foi diagnosticado com uma colite, inflamação na região do cólon. O boletim médico divulgado ainda na noite da quarta afirmou que o prefeito está bem, em observação, e aguarda liberação de exames para ser liberado.

Bruno Covas foi diagnosticado com câncer no final do mês de outubro de 2019. Ele passou por uma série de sessões de quimioterapia, que apesar de diminuir a agressividade da doença, não a extinguiram. No momento, ele passa por um tratamento de imunoterapia para se livrar do câncer nos linfonodos.

Ainda assim, Covas não abandonou parte de seus compromissos como prefeito da cidade, chegando a visitar hospitais de campanha em construção contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2) no meio da crise de saúde em 2020.