Doria quer antecipar feriado de julho para o mês de maio

Ideia, formalizada e enviada em proposta à Alesp, tem como objetivo aumentar o isolamento social em São Paulo

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Governador de São Paulo, João Doria cria medida de incentivo ao distanciamento social
Governador de São Paulo, João Doria cria medida de incentivo ao distanciamento social -
São Paulo - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que deve enviar na terça-feira uma proposta para a antecipação de feriados à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Segundo o mandatário do estado, a intenção é trazer o feriado do Dia da Revolução Constitucionalista, celebrado em 9 de julho, para a próxima segunda. "A expectativa é de que o projeto possa ser analisado em regime de urgência e possa ter aprovação majoritária dos deputados na Assembleia Legislativa", disse Doria.

No domingo, o prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), anunciou proposta semelhante de antecipar os feriados de Corpus Christi, em 11 de junho, e da Consciência Negra, em 20 de novembro, segundo Covas, "para já", a fim de ampliar os índices de isolamento social na cidade.

"Vamos recomendar que prefeitos da Região Metropolitana, do interior e do litoral, possam igualmente avaliar com as suas câmaras municipais a antecipação de feriados municipais para os dias que sucedem aos feriados aqui de São Paulo", disse o governador, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Comentários