Ministro do Meio Ambiente diz que coronavírus é oportunidade para mudar legislação ambiental 'sem chamar atenção'

Ricardo Salles disse que como a imprensa está voltada para a covid-19, daria para "ir passando a boiada"

Por O Dia

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles -
Brasília - O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse, em vídeo da reunião ministerial que aconteceu no dia 22 de abril e liberado na tarde desta sexta-feira para divulgação pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, que a pandemia do coronavírus é oportunidade de mudar legislação ambiental sem chamar atenção. 
Ainda de acordo com Salles, era preciso aproveitar "momento de tranquilidade", com a atenção da imprensa concentrada na covid-19, para "ir passando a boiada".
"Então para isso precisa ter um esforço nosso aqui enquanto estamos nesse momento de tranquilidade no aspecto de cobertura de imprensa, porque só fala de covid, e ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas", disse o ministro.
Além disso, o ministro diz que não tem como fazer mudanças que precisam do Congresso em meio ao "fuzuê que está aí", mas é possível fazer outras mudanças.

"Agora tem um monte de coisa que é só parecer, caneta, parecer, caneta. Sem parecer também não tem caneta, porque dar uma canetada sem parecer é cana. Então... isso aí vale muito a pena. A gente tem um espaço enorme pra fazer", avaliou.

Comentários