Abraham Weintraub - Marcelo Camargo/Agência Brasil
Abraham WeintraubMarcelo Camargo/Agência Brasil
Por IG - Último Segundo
São Paulo - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, aparece em grupos de WhatsApp bolsonaristas como favorito para disputa presidencial de 2026, após a reeleição do então presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Até lá, o anseio é lançar o ministro como candidato a prefeitura de São Paulo. As informações são da coluna de Mônica Bérgamo, da Folha de São Paulo.

Após a reunião ministerial em que o responsável pelo MEC chegou a pedir a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) a quem se referiu como "vagabundo", Weintraub despontou como favorito entre os eleitores de Bolsonaro.

As declarações polêmicas resultaram na convocação do Senado para que o ministro prestasse esclarecimentos.

Na noite desta segunda-feira, foi aprovada de forma unânime pelos senadores a convocação do ministro. O requerimento foi apresentado pela senadora Rose de Freitas (Podemos-ES) e pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).