Irmã de Aécio Neves é indiciada pela PF por obstrução de justiça

Andrea Neves estaria recebendo informações sigilosas da Polícia Federal

Por IG - Último Segundo

Ministério Público decidirá se irá apresentar denúncia contra Andrea Neves
Ministério Público decidirá se irá apresentar denúncia contra Andrea Neves -

São Paulo - A Polícia Federal (PF) indiciou a jornalista Andrea Neves, irmã do deputado federal e ex-candidato à Presidência Aécio Neves, por obstrução de justiça. Segundo a investigação, Andrea estaria tendo acesso à informações sigilosas da PF.

Após ser indiciada, o Ministério Público (MP) precisa apresentar uma denúncia contra Andrea para que um processo seja aberto contra a jornalista e ela seja julgada. Caso seja condenada, a irmã de Aécio pode pegar até 10 anos de prisão.

O indiciamento de Andrea aconteceu em decorrência da Operação Escobar, deflagrada no ano passado. Na ocasião, dois agentes da PF e dois advogados foram presos suspeitos de fornecer informações sigilosas para a irmã de Aécio. 

Além de Andrea, dois advogados, dois escrivães da PF e um empresário foram indiciados pelos crimes de corrupção passiva e organização criminosa.

Comentários