Após depoimento, mãe de Miguel verá ex-patroa pela primeira vez desde enterro

Mirtes Renata de Souza chegou à delegacia no Centro do Recife na manhã desta segunda-feira, poucas horas após chegada de Sari Corte Real

Por IG - Último Segundo

Mirtes com filho Miguel, de cinco anos
Mirtes com filho Miguel, de cinco anos -
São Paulo - Mirtes Renata de Souza, mãe do menino Miguel, de cinco anos, que morreu após cair do nono andar do prédio no qual ela trabalhava no Recife, chegou à delegacia na qual a ex-patroa, Sari Cortes Real, presta depoimento na manhã desta segunda-feira.
A chegada de Mirtes no local, por volta das 8h, ocorreu pouco depois da chegada de Sari, que estava acompanhada do marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker (PSB). Apesar de não ser obrigada a ir até a delegacia, a mãe de Miguel afirmou que “tinha que ir” ao depoimento. Essa será a primeira vez em que a mulher verá a ex-patroa pessoalmente após ver as imagens de câmera de segurança mostrando o menino sozinho no elevador.

Galeria de Fotos

Sari Corte Real está sendo investigada pela morte de Miguel Otávio, que caiu do 9º andar de um prédio em Recife Reprodução Facebook
Mirtes com filho Miguel, de cinco anos Arquivo pessoal
Miguel acompanhava a mãe no trabalho e morreu após ficar sob os cuidados da primeira-dama de Tamandaré Reprodução Twitter
Miguel precisou acompanhar a mãe no trabalho durante a pandemia Reprodução

A delegacia na qual Sari foi atendida abriu fora do horário de funcionamento para chegada da suspeita, que entrou no local por volta das 5h50. A mãe de Miguel chegou a questionar o fato na entrada da delegacia. "Ela está com medo de quê?", perguntou.

Sari é investigada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ela colocou o menino Miguel, de cinco anos, sozinho dentro de um elevador no edifício de luxo no qual mora, na cidade de Recife, após o menino chamar constantemente pela mãe, que estava no térreo passeando com o cachorro da família.

Comentários