Réptil foi localizado na noite desta quarta-feira - Wikicommons/Reprodução
Réptil foi localizado na noite desta quarta-feiraWikicommons/Reprodução
Por IG - Último Segundo
São Paulo - O estudante de veterinária Pedro Henrique Santos Krambeck Lehmkul, 22 anos, entrou em coma induzido após ser picado por uma cobra naja que seria de estimação. O incidente aconteceu na última terça-feira, em Brasília.

O rapaz sendo tratado com soro vindo do Instituto Butantan, de São Paulo, especializado nesse tipo de caso. Em estado considerado grave, Pedro está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Maria Auxiliadora.

Segundo o Batalhão de Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal (BPMA), é possível que o animal tenha criado ilegalmente na casa do rapaz. 

De acordo com o UOL, a família não quis entregar a cobra aos policiais. Mas a serpente foi encontrada às 19h desta quarta, dentro de uma caixa colocada ao lado de um shopping da cidade.