- Reprodução internet
Reprodução internet
Por IG - Último Segundo
Um homem de 60 anos infartou e morreu três meses após perder a esposa e o filho para a covid-19. Silvio Dias Novaes morava na Praia Grande, no litoral paulista.
Maria Carolina da Silvia Novaes, filha de Silvio, também se infectou após revezamento no hospital com a mãe, Alzira da Silva Novaes, de 59 anos, e o irmão, o vigilante Luiz Fagner Dias Novaes, de 31, para acompanhar Silvio depois dele ter sofrido um AVC. Alzira morreu dia 27 de abril, 15 dias depois do de Luiz Fagner.
Publicidade
Já na última sexta-feira (17), Silvio teve um infarto em casa e também morreu. Ele já havia perdido todos os movimentos e entrou em depressão após perder a esposa e um dos filhos, de acordo com entrevista de Maria Carolina ao G1.
Umdia antes da marte do pai, Maria Carolina divulgou uma campanha virtual para arrecadar dinheiro para o tratamento do pai. De acordo com a técnica de enfermagem, ela e a irmã se revezavam para cuidar do pai.
Publicidade
O velório e o sepultamento de Silvio acontecem neste sábado (18), seguindo as limitações de pessoas devido à pandemia do coronavírus.