Vídeo mostra momento da prisão de ex-capa da Playboy acusada de tráfico de drogas

Flávia Tamayo, conhecida por estampar capas de revistas masculinas e atuar em filmes eróticos da franquia Brasileirinhas, é acusada de vender drogas para clientes de alto poder aquisitivo em Brasília

Por O Dia

Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas -
Rio - Um vídeo divulgado pela Polícia Civil nesta terça-feira mostra o momento da prisão da modelo Flávia Tamayo, mais conhecida como Pamela Pantera.

Galeria de Fotos

Flávia Tamayo Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Flávia Tamayo foi presa por tráfico de drogas Reprodução Instagram
Tamayo foi presa nesta terça-feira, em um hotel na orla de Brasília, pela Polícia Civil do Espírito Santo, acusada de integrar uma organização criminosa composta por garotas de programa que traficavam drogas dentro de uma rede de prostituição que atuava no Distrito Federal.
A modelo é conhecida por estampar capas de revistas masculinas, como a "Playboy" e a "Sexy", e por atuar em filmes eróticos da franquia "Brasileirinhas". Ela também é dançarina e já ganhou concursos como o de "Miss Bumbum".
O titular da 1ª DR de Vitória, delegado Rafael da Rocha Corrêa, explicou que essa ação faz parte Operação “Rede”, realizada no mês de junho, no Distrito Federal, quando mais de 200 policiais cumpriram 37 mandados de prisão e de busca e apreensão.
“Essa organização criminosa atuava, principalmente, na venda de drogas sintéticas e cocaína para clientes de alto poder aquisitivo do Distrito Federal e de todas as esferas. A suspeita é famosa por ter sido capa de revistas masculinas no Brasil e no exterior, e por ser estrela de uma conhecida franquia de filmes eróticos”, relatou o delegado.
Corrêa disse ainda que durante a ação policial, a detida ofereceu resistência à prisão. “Ela tentou tirar a roupa na recepção do hotel, mas foi impedida por uma policial civil que estava na operação”, informou o chefe da 1ª DR de Vitória.
Ainda segundo o delegado, com a suspeita foi apreendida uma pequena quantidade de droga para consumo próprio, um celular e uma pequena quantia em dinheiro. A suspeita foi encaminhada a uma unidade prisional capixaba, onde permanece à disposição da Justiça do Distrito Federal.

Comentários