Vista aérea da Esplanada dos Ministérios em Brasília-DF, localizada no Eixo Monumental, via que corta o Plano Piloto no sentido leste-oeste - Marcello Casal JrAgência Brasil
Vista aérea da Esplanada dos Ministérios em Brasília-DF, localizada no Eixo Monumental, via que corta o Plano Piloto no sentido leste-oesteMarcello Casal JrAgência Brasil
Por Agência Brasil
O total de servidores públicos federais afastados do trabalho por causa de covid-19 subiu para 1.638 na semana passada, revela balanço divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério da Economia. Na semana anterior, de três a sete de agosto, o total de casos confirmados estava em 1.527.
De acordo com balanço, a proporção de servidores públicos civis federais que trabalham de casa por causa da pandemia do novo coronavírus foi de 47% na semana de 10 a 14 de agosto. Segundo a pasta, isso corresponde a 68.782 servidores.
Publicidade
O levantamento não inclui as instituições federais de ensino, que abrange as universidades, os institutos e as demais instituições de ensino da União. Na rede federal de ensino, 96% dos funcionários estão em trabalho remoto.
Ao somar a administração pública federal e as instituições federais de ensino, 61% da mão de obra está trabalhando de casa, totalizando 349.715 funcionários.
Publicidade
Os números referentes às instituições federais de ensino são divulgados pelo Ministério da Educação. A Secretaria de Gestão de Pessoal do Ministério da Economia faz uma pesquisa com as unidades administrativas de gestão de pessoas do Poder Executivo Federal. As estatísticas de casos de coronavírus são apuradas no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape).