Vice-presidente, General Hamilton Mourão  - Romério Cunha/VPR
Vice-presidente, General Hamilton Mourão Romério Cunha/VPR
Por ESTADÃO CONTEÚDO
São Paulo - No seminário Retomada Verde, promovido pelo Estadão, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que os indígenas precisam de renda própria e não podem viver "de esmola" do Estado. A fala do vice-presidente está em sintonia com o a do mandatário Jair Bolsonaro. Os dois são defensores da exploração das terras indígenas porque, segundo eles, os indígenas querem ter acesso à modernidade e não ficar refém das esmolas do poder público.

Galeria de Fotos

Vice-presidente, General Hamilton Mourão Romério Cunha/VPR
Mourão Valter Campanato / Agência Brasil
Vice-presidente General Hamilton Mourão Romério Cunha/VPR
Vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão fez comentários sobre o atual momento político do país Marcelo Camargo/Agência Brasil
Presidente em exercício, Hamilton Mourão Marcelo Camargo/Agência Brasil
Presidente em exercício, General Hamilton Mourão Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Publicidade
Em sua fala, mediada pela colunista Eliane Cantanhêde, Mourão também reconheceu as dificuldades do governo na área ambiental em relação às queimadas e ao desmatamento da Amazônia. "Nós entramos tarde no combate ao desmatamento", disse, reiterando que o Conselho Nacional da Amazônia Legal, que preside, tem agido para mudar a imagem da política ambiental do governo no exterior, alvo de críticas.