Mourão diz que querem 'importar' o racismo para o país. E que nos EUA era comum 'pessoas de cor' sentarem atrás nos ônibus
 - Valter Campanato / Agência Brasil
Mourão diz que querem 'importar' o racismo para o país. E que nos EUA era comum 'pessoas de cor' sentarem atrás nos ônibus Valter Campanato / Agência Brasil
Por ESTADÃO CONTEÚDO
São Paulo - O vice-presidente Hamilton Mourão disse que "o Brasil não pode perder o bonde da história e deixar de embarcar nessa tecnologia 5G junto com o resto do mundo". "Perder essa janela de oportunidade significará décadas de atraso e prejuízo para a nossa sociedade", disse Mourão nesta terça-feira, em vídeo transmitido durante evento das telecomunicações Painel Telebrasil 2020.
De acordo com Mourão, o Ministério da Ciência e Tecnologia, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Gabinete de Segurança Institucional estão trabalhando para estabelecer parâmetros técnicos adequados para o processo licitatório de instalação da rede 5G.
Publicidade
Segundo o vice-presidente, a instalação da tecnologia 5G deverá ser feita de forma segura, protegendo os conhecimentos brasileiros sensíveis e a privacidade e considerando princípios da eficiência, economicidade e segurança.