Assessoras repassaram R$ 27 mil ao advogado de Flávio Bolsonaro na campanha eleitoral

Ao todo, 22 repasses foram registrados entre junho e dezembro de 2018 para Luis Gustavo Botto Maia

Por IG - Último Segundo

Advogado do senador Flávio Bolsonaro teria recebido salário de assessoras
Advogado do senador Flávio Bolsonaro teria recebido salário de assessoras -
Rio de Janeiro - A quebra de sigilo bancário do atual senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) mostra que duas assessoras repassaram ao advogado do parlamentar um total de R$ 27 mil após seus salários e auxílio-alimentação serem recebidos. As transferências aconteceram na campanha eleitoral de 2018. As informações são do portal UOL.
Ao todo, 22 repasses foram registrados entre junho e dezembro de 2018 para o advogado Luis Gustavo Botto Maia, feitos por Alessandra Cristina de Oliveira, com 15 repasses, e Valdenice Meliga, com sete repasses.
Ambas foram assessoras de Flávio na Alerj e simultaneamente atuaram como dirigentes do PSL, partido pelo qual o presidenteJair Bolsonaro (sem partido) foi eleito.
As informações mostram que a prática da rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) no gabinete de Flávio Bolsonaro enquanto deputado estadual podem ter ido além dos depósitos de Fabrício Queiroz.