Homem teve 60% do corpo queimado pela ex-mulher - Divulgação Polícia Civil
Homem teve 60% do corpo queimado pela ex-mulherDivulgação Polícia Civil
Por IG - Último Segundo
São Paulo - Nesta quarta-feira, uma mulher de 41 anos foi presa pela Polícia Civil de Minas Gerais na cidade de Ipanema, na região do Rio Doce, após atear fogo no carro do ex-marido com ele dentro. O plano, que seria motivado por ciúme e vingança, contou com a ajuda da filha da suspeita, de 17 anos, que também foi presa.

Segundo informações da corporação, o crime foi cometido na madrugada de quarta, quando a vítima estava dentro do veículo com uma mulher. As duas se aproximaram, jogaram gasolina no carro e atearam fogo. A testemunha, que relatou o caso após chamar a polícia, conseguiu escapar sem lesões, mas o homem teve 60% do corpo queimado e foi encaminhado a um hospital em estado grave.

“A mulher e a adolescente se dirigiram ao local onde estava estacionado o veículo, ocupado pela vítima e uma outra mulher. Elas derramaram combustível no veículo e atearam fogo”, informou o delegado responsável pelo caso, Alfredo Serrano dos Reis.

Horas depois do crime, mãe e filha foram presas. A adolescente foi encontrada no centro da cidade, enquanto a mulher estava escondida em um sítio na zona rural. Ainda de acordo com a polícia, ela chegou a tentar fugir ao ver a aproximação das viaturas, mas foi contidas pelos agentes.