A maioria das áreas do Brasil fica em atenção para ocorrência de pancadas de chuva moderadas a fortes, com raios temporais e de ventos fortes - Henrique Gonçalves / Divulgação Climatempo
A maioria das áreas do Brasil fica em atenção para ocorrência de pancadas de chuva moderadas a fortes, com raios temporais e de ventos fortesHenrique Gonçalves / Divulgação Climatempo
Por O Dia
O Climatempo alertou que há risco de temporal, nesta quinta-feira, na área sul de Roraima, no centro-leste e nordeste do Amazonas, no sul do Acre, em Rondônia, exceto no norte do estado, em Mato Grosso, no norte de Mato Grosso do Sul, no centro-sul de Goiás, no Triângulo Mineiro, no centro-norte e oeste de São Paulo e no norte e oeste do Paraná.
Segundo a meteorologia, o tempo vai ficar muito instável em praticamente todo o Brasil, com períodos de sol e pancadas de chuva com raios, principalmente à tarde e à noite. 
Publicidade
Na Região Sul, ficam fora da chuva o centro-oeste e o sul do Rio Grande do Sul e o centro-oeste de Santa Catarina. No Nordeste, o sol predomina no norte do Piauí, no Ceará, no Rio Grande do Norte, em praticamente toda a Paraíba e Pernambuco, Alagoas e Sergipe. Chove rápido no litoral paraibano e de Pernambuco.

Dia nublado e com muita chuva em Mato Grosso do Sul, no oeste de São Paulo e no norte/noroeste do Paraná. O dia terá muitas nuvens e chuva a qualquer hora no sul e centro-oeste da Bahia, sul do Piauí e do Maranhão e no leste do Tocantins e nordeste de Goiás, Distrito Federal e norte de Minas Gerais.

Alertas meteorológicos 

O Climatempo chama atenção para rajadas de 60 a 80 km/h no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, devido à um ciclone extratropical. 
Situação de perigo em Mato Grosso do Sul, para temporais, chuva volumosa, vendaval e queda de granizo. 

A maioria das áreas do Brasil fica em atenção para ocorrência de pancadas de chuva moderadas a fortes, com raios temporais e de ventos fortes, principalmente à tarde e à noite.

Em todas as áreas em alerta ou em atenção, as rajadas de vento podem variar de 60 km/h a 80 km/h. Nas áreas de perigo, de até 90 km/h.