Por O Dia
A Academia Brasileira de Letras (ABL) e a Light anunciam a volta do Prêmio Machado de Assis, a mais importante premiação literária do país, a partir de 2021. Criado pela ABL em 1941, o Prêmio Machado de Assis é entregue a autores que se destacaram pelo conjunto de sua obra, escolhidos pelos “imortais” – como são conhecidos os membros da Academia.
Em 2017, a crise econômica levou a ABL a suspender a entrega do prêmio, que volta em 2021 graças ao apoio da Light. O patrocínio da Light se estenderá pelos próximos dez anos.
Publicidade
A longa lista de ganhadores da honraria reúne o que há de melhor na literatura nacional nos séculos XX e XXI. Entre os vencedores estão Guimarães Rosa, Érico Veríssimo, Cecília Meireles, Gilberto Freyre, Carlos Heitor Cony, Ferreira Gullar e Rubem Fonseca.
Em 2016, a Academia decidiu que a premiação, anual, alternaria a escolha entre autores de ficção e de obras de outras áreas das ciências humanas. O último vencedor do Prêmio Machado de Assis foi o historiador João José Reis, referência mundial no estudo da escravidão.
Publicidade
O vencedor de 2021 será escolhido pelos membros da ABL em junho. A cerimônia de premiação acontecerá em julho, mês de aniversário da Academia.