Jair Bolsonaro - Agência Brasil
Jair BolsonaroAgência Brasil
Por iG
Brasília - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender, em live realizada hoje (3), a cloroquina como tratamento precoce contra Covid-19 — remédio que não tem eficácia comprovada no tratamento ao novo coronavírus. Segundo ele, o remédio é responsável pela queda na taxa da letalidade da doença.
"Vou repetir aqui a questão da hidroxicloroquina : nós acertamos. O Brasil tem apresentado, cada vez mais, número de contaminados, mas o número de óbitos diminui. Por que? É um tratamento precoce", disse, sem apresentar qualquer dado que comprove o argumento.
Publicidade
Bolsonaro, disse que fez ligações a hospitais e amigos "da África subsariana" para cimentar suas alegações

"O elemento chegava na África subsaariana com Malária e Covid . Tomava a hidroxicloroquina, ficava bom da malária e da Covid. Precisa ser muito inteligente para entender que a hidroxicloroquina serve para as duas coisas?", questionou. "Quem é contra, não tome, não tem problema, mas não fique desestimulando quem acredita", complementou.