A integrante presa pela suspeita do crime já conta com 16 passagens pela polícia - Reprodução
A integrante presa pela suspeita do crime já conta com 16 passagens pela políciaReprodução
Por O Dia
Um mulher de 31 anos foi presa por suspeita de integrar uma quadrilha que furta vinhos caros em supermercados no interior de São Paulo. Outras duas já foram identificadas e são consideradas foragidas pelo crime, que foi registrado por câmeras de segurança de um comércio. A investigação é conduzida pela Polícia Civil da cidade de Itatiba (SP). As informações são do portal “G1”.
Para realizar o furto, as mulheres agem em conjunto, de acordo com a polícia. Primeiro, colocam as garrafas no carrinho e, em seguida, pegam fardos de cerveja. Ao abrir os fardos, substituem as bebidas originais pelas garrafas de vinho, lacram a embalagem e passam no caixa normalmente. As autoridades informam que 12 lojas já foram furtadas, com prejuízo que supera R$ 70 mil em um das redes.
Publicidade
A integrante presa pela suspeita do crime já conta com 16 passagens pela polícia. Junto com ela, foram apreendidos quase R$ 4 mil, vinhos, bebidas destiladas, roupas e outros produtos. A investigação identificou que a quadrilha agia não só em Itatiba, mas em diversas outras cidades do interior do estado, como Jundiaí, Campinas e Marília.