Plantação de maconha - Reprodução
Plantação de maconhaReprodução
Por O Dia
O delegado Marcelo Marinho de Noronha, da 1ª classe da Polícia Civil do Distrito Federal, foi exonerado de seu cargo após ser preso em flagrante, na última sexta-feira (4), em uma grande plantação de maconha. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta-feira (11), após pedido encaminhado pelo Delegado-Geral da PCDF, Robson Cândido.
Além do delegado, também foram presos a esposa e dois filhos, identificados como Teresa Cristina Cavalcante Lopes, Marcos Rubenich Marinho de Noronha e Ana Flavia Rubenich Marinho de Noronha, respectivamente. Eles vão responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.
Publicidade
Decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta-feira (11) - Reprodução/Diário Oficial do Distrito Federal
Decisão foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta-feira (11)Reprodução/Diário Oficial do Distrito Federal
Noronha foi flagrado com diversas espécies de sementes e mudas, além de plantas já desenvolvidas, em um lote no Distrito Federal. O espaço contava com estrutura de iluminação e estufa para condicionamento da planta. No flagrante, foram apreendidos vasos plásticos, 24 plantas grandes, 105 mudas de plantas pequenas e 14 luminárias com extensão.