População do Piauí cerca de 38 horas sem energia elétrica
 - Reprodução/ Redes Socias
População do Piauí cerca de 38 horas sem energia elétrica Reprodução/ Redes Socias
Por iG
Na manhã deste sábado (02), os bairros de Teresina, no Piauí completaram 38 horas sem energia elétrica. Desde das 20h do dia 31 de dezembro, após uma chuva forte que derrubou árvores, postes e prejudicou a fiação elétrica, a população vive no escuro e no calor do nordeste brasileiro.

A concessionária responsável pelo fornecimento de energia no estado de Piauí, a Equatorial Energia, declarou que cerca de 91% dos pontos que estavam ser luz já foram restabelicidos e que os pontos sem luz estão recebendo atentimento. A volta a normalidade pode demorar pela complexidade do problema e ainda não há uma previsão para a restauração total da energia.

Moradores relatam sobre uma oscilação e outros sobre a falta de energia. Eles contam que não conseguem realizar simples tarefas domésticas, mantimentos da geladeira vão estragando, os aparelhos eletrônicos vão se danificando, o alto calor, a presença de insetos é agravada pela falta de ventiladores e ar-condiconado.

"Estou saindo agora [8h30 de sábado, 2] de casa, porque não aguento ficar aqui, é muito estressante. Além disso, não temos mais nada em casa, tudo na geladeira se perdeu. É um absurdo, estamos assim desde a noite do réveillon", declarou a meteorologista Sônia Feitosa.

"Vim para casa de familiares e não sei até que horas o gelo vai durar e manter tudo. A gente liga, manda mensagem, e não tem respostas", informou a economista Maria Elizabete, que comprou gelo para conversar seus mantimentos.

Confira os bairros que ainda estão sem energia:
- Zona Norte Bairros Mocambinho, Primavera, Água Mineral, Aeroporto, Nova Brasília, São Joaquim e Memorare.

- Zona Leste Bairros de Fátima, Horto, Jockey Clube, Parque Universitário, Parque Mão Santa, Ininga e Pedra Mole.

- Zona Sudeste Bairros Dirceu, Jardim Europa e Tancredo Neves.

- Zona Sul Bairros Monte Castelo, Eduardo Costa, Santa Luzia e Macaúba.