Ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) - Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ)Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Brasília - O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), negou que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), poderá dar início a um processo de impeachment ainda nesta segunda-feira, em seu último dia na função.
Verri disse que Maia descartou essa possibilidade. O petista estava reunido com Maia nesta segunda e afirmou ainda que o partido estaria no bloco de apoio ao candidato Baleia Rossi (MDB-SP), mas ainda não há decisão da Secretaria-Geral da Mesa sobre isso. "Ele disse que não vai abrir", disse.