Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco  - ROQUE DE SÁ/AGêNCIA SENADO
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco ROQUE DE SÁ/AGêNCIA SENADO
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Rio - O novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que pretende viabilizar a aprovação do Orçamento de 2021 até março. A proposta ainda não foi analisada pelo Congresso e é cobrada pela equipe econômica. Como presidente do Senado, cabe à Pacheco convocar a votação.
Ao chegar no Senado, nesta terça-feira, 2, Pacheco afirmou que vai conversar com o novo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) ainda nesta semana para articular a instalação da Comissão Mista de Orçamento (CMO). O colegiado é responsável por analisar o projeto antes do plenário.
Publicidade
"O fato é que será uma comissão de existência muito rápida, nós vamos buscar a aprovação até o mês de março para poder instalar outras na sequência.", afirmou Rodrigo Pacheco. "Até março, é a aprovação do Orçamento."
O novo presidente do Senado confirmou que conversou com o presidente da República, Jair Bolsonaro, após ser eleito para o cargo, na segunda-feira, 1º de fevereiro. Foi uma conversa rápida após o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente da República, passar o telefone para Pacheco conversar com o chefe do Planalto.