Jair Bolsonaro - Alan Santos/PR
Jair BolsonaroAlan Santos/PR
Por ESTADÃO CONTEÚDO
rio - O presidente Jair Bolsonaro desejou, em entrevista ao programa Brasil Urgente, da Rede Band, boa sorte ao deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Nesta segunda-feira (8), Doria afirmou que convidou Maia para se filiar ao PSDB.
Bolsonaro disse também que tinha "um problema" com Maia e que agora o atual presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AP), assumiu a "independência, mas com responsabilidade". "Somos independentes, mas, na verdade, o Executivo e o Legislativo estão de mãos dadas o tempo todo. Um precisa do outro", declarou De acordo com o presidente da República, não adianta os parlamentares quererem pôr algo em pauta se o presidente da Câmara não quiser.
Publicidade
Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o ex-presidente da Câmara confirmou que deixará o DEM para fazer oposição a Bolsonaro. Maia disse que o partido regrediu aos tempos da Arena A decisão foi tomada após a legenda ter abandonado a candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) a presidente da Casa. A sigla declarou neutralidade na véspera da eleição, o que liberou os deputados a votar em Lira, apoiado pelo governo e que saiu vitorioso.