Nesta semana, o Brasil atingiu pela primeira vez mais de 2.000 mortes por dia em uma média de sete dias
Nesta semana, o Brasil atingiu pela primeira vez mais de 2.000 mortes por dia em uma média de sete dias Reprodução/ internet
Por O Dia
O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira (23) o recorde de 1.021 óbitos registrados nas últimas 24h. Segundo o governo, o número inclui dados cumulativos deste fim de semana, considerando que houve média de 94 cadastros por dia entre domingo (21) e esta segunda-feira (22).
Com a atualização desta terça-feira, em toda a pandemia já ocorreram 68.623 mortes em SP. No total, foram confirmados 2.332.043 casos da doença, dos quais 2.025.301 já estão recuperados.

Nesta segunda-feira, havia 29.039 pessoas internadas pela Covid-19, sendo 12.168 pacientes em leitos de Terapia Intensiva e 16.871 em enfermaria. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 91,9% no Estado e de 91,6% na Grande São Paulo.

Está vigente até o dia 30 deste mês a "Fase Emergencial do Plano São Paulo", com medidas mais duras de restrição, com a finalidade de garantir a assistência a vida e conter a sobrecarga em hospitais de todo o estado, além de frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo coronavírus.

Devido ao recrudescimento da pandemia, o governo de SP reforça a importância sobre o respeito ao Plano São Paulo e as medidas de distanciamento pessoal, uso de máscaras e higiene das mãos. É fundamental que a população fique em casa neste momento.