Empresas de distribuição enfrentam escassez de medicamentos para tratamento emergencial de pacientes da covid-19
Empresas de distribuição enfrentam escassez de medicamentos para tratamento emergencial de pacientes da covid-19 Reprodução da internet
Por O Dia
Diante do aumento significativo de demanda por medicamentos especiais para o tratamento de pacientes em estágio crítico da covid-19, a Associação Brasileira dos Distribuidores de Medicamentos Especializados, Excepcionais e Hospitalares (ABRADIMEX) informou que os estoques dos fármacos são zerados rapidamente, assim que solicitados e repostos pela indústria farmacêutica.  
Em nota, a associação ressaltou ainda "que como a reposição não tem sido feita em tempo hábil, e nem em sua plenitude, apenas parte dos distribuidores associados possuem um estoque de pequeno volume de alguns destes medicamentos, que possivelmente dure em torno de uma semana a depender da demanda".
Publicidade
"As empresas associadas, responsáveis pela cobertura de 65% do mercado institucional brasileiro, que envolve instituições públicas, privadas, clínicas especializadas, planos de saúde e hospitais, têm plena capacidade de manter operação adaptada às condições hoje apresentadas, como tem ocorrido durante a pandemia, também com condições para apoiar o Governo Federal nas operações de logística e distribuição desses e outros produtos, a partir da regularização dos estoques pela indústria farmacêutica", afirmou Paulo Maia, presidente executivo da ABRADIMEX, em nota.
Sobre os desafios, ele complementa: "Entre dificuldades impostas pelo atual cenário, temos superado obstáculos como ampliação do controle sanitário dos ambientes, alteração das escalas de funcionários para evitar aglomeração e necessidade de estratégias inovadoras para a logística a fim de agilizar as entregas dos produtos", disse em comunicado.
Publicidade