Governo defende uso de máscara e distanciamento após liberação de Bolsonaro
Governo defende uso de máscara e distanciamento após liberação de Bolsonaro AFP
Por iG
Brasília - Os perfis do Palácio do Planalto nas redes sociais divulgaram nesta sexta-feira (9) campanhas de incentivo ao uso de máscara, álcool em gel e ao distanciamento social no combate a pandemia da Covid-19. As mensagens foram publicadas após autorização do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
"Mesmo com a vacinação contra a covid-19 avançando cada vez mais, é muito importante continuarmos cuidando uns dos outros. Por isso, lave sempre as mãos com água e sabão ou utilize álcool em gel, evite aglomerações, mantenha o distanciamento e use máscara", diz uma das publicações.

"Contra a covid-19, o cuidado é de cada um. A responsabilidade é de todos. Brasil unido", acrescenta o perfil oficial do governo federal. 
Publicidade

A nova campanha já era preparada antes mesmo da chegada do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, à pasta, mas ela não avançava justamente pela resistência do presidente.

O novo ministro, porém, insistiu, inclusive publicamente, afirmando que "daria o exemplo" e defenderia o uso de máscara e de medidas de distanciamento.

Bolsonaro, porém, percebeu que precisava ajustar o seu discurso e autorizou a nova campanha, segundo fontes de dentro do governo.

Desde o início da pandemia, o presidente foi contra o uso de máscaras e o distanciamento social para conter novas contaminações do novo coronavírus (Sars-CoV-2).