Lula da Silva
Lula da SilvaReprodução
Por iG
Brasília - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá prestar depoimento à Justiça em relação ao processo da compra de aviões caças da empresa sueca Gripen no dia 27 de maio.
O processo que envolve o petista corre em Brasília e independe das decisões recentes do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que o beneficiaram, como foi o caso dos processos da Lava-Jato.
Publicidade
O ato de depoimento costuma ser um dos momentos finais do processo, que antecedem a sentença. Advogados e acusadores possuem a permissão de solicitar diligências após a fala do acusado.
As acusações contra o ex-presidente incidem em tráfico de influência, organização criminosa e lavagem de dinheiro. A defesa do petista deverá utilizar as mensagens hackeadas, obtidas através da Operação Spoofing, para argumentar em favor da absolvição.