Bruno Covas luta contra um câncer
Bruno Covas luta contra um câncerGoverno do Estado de São Paulo/Divulgação
Por ESTADÃO CONTEÚDO
O prefeito em exercício de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou nesta segunda-feira, 3, que os trabalhos no comando da capital paulista não sofrerão alterações. No domingo, 2, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou que se licenciaria do cargo por 30 dias a fim de dar continuidade ao tratamento de um câncer no sistema digestivo e ósseo.
"Orientação que Bruno Covas nos deu é para que a Prefeitura continuasse no mesmo ritmo de trabalho: que sejam feitas as entregas, as inaugurações, os projetos em andamento e que não fosse recuado em absolutamente nada", afirmou Nunes. "É isso que nós estamos seguindo."
Publicidade
Durante inauguração de leitos de UTI a partir de doações de instituições privadas nesta tarde, Nunes afirmou que a prefeitura deve ampliar o número de postos de internação a fim de garantir um "nível de segurança maior para a população". Segundo dados da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), a região metropolitana de São Paulo registra ocupação dos leitos de enfermaria de 59,9% e de UTI em 76,5%. "É um número elevado", disse.