Luciano Hang ao lado do presidente Jair Bolsonaro.
Luciano Hang ao lado do presidente Jair Bolsonaro.Reprodução
Por IG - Último Segundo
Rio - O empresário Luciano Hang, proprietário das Lojas Havan e entusiasta do presidente Jair Bolsonaro, está na mira dos senadores membros da CPI da Covid. As informações são da jornalista Bela Megale.
O objetivo, segundo parlamentares, seria investigar quem pagou por sites e serviços que propagaram fake news ligados à covid-19 durante a pandemia. Senadores querem saber se Hang possui envolvimento com a promoção de remédios do chamado 'tratamento precoce' - como cloroquina e ivermectina - quando já havia a comprovação científica que os medicamentos não possuem eficácia para combater o novo coronavírus.
Publicidade
A Procuradoria-Geral Eleitoral já havia pedido, no ano passado, a quebra dos sigilos de Luciano Hang. A solicitação teve como base a ação do Tribunal Superior Eleitoral que visava a cassação da chapa de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão por disparos irregulares de fake news durante as eleições presidenciais de 2018.
A CPI da Covid, que visa investigar as ações do governo federal no combate à pandemia, também mira as empresas de comunicação que firmaram contratos com o Planalto. Sobre a questão, falará o ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, nesta quarta (08).