Balança tem déficit de US$ 747 mi na primeira semana de novembro

Resultado foi pressionado pela queda na venda de veículos e diminuição da receita de minério de ferro, soja e milho. No acumulado do ano, o saldo comercial está negativo em US$ 2,61 bilhões

Por parroyo

A balança comercial brasileira teve déficit (exportações menores que importações) de US$ 747 milhões na primeira semana de novembro. O valor resulta de US$ 4,219 bilhões em exportações e US$ 4,966 bilhões em importações. No acumulado do ano, o saldo está negativo em US$ 2,618 bilhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A média diária das exportações, que corresponde ao valor negociado por dia útil, somou US$ 843,8 milhões na semana passada, 19,1% inferior à registrada para novembro de 2013. Nas compras do Brasil no exterior, a média está em US$ 993,2 milhões, 3,9% acima de novembro do ano passado.

A receita com as vendas externas diminuiu para as três categorias da pauta de exportações: itens básicos (19,5%), manufaturados (23,2%) e semimanufaturados (6,5%)

No grupo dos itens básicos, diminuiu a receita auferida com minério de ferro, minério de cobre, fumo em folhas, farelo de soja e soja e milho em grão. Nos semiindustrializados, caíram os ganhos com ferro fundido, óleo de soja, açúcar e ferro e aço. Já nos manufaturados, recuaram as vendas de veículos de carga, automóveis de passageiros, tratores, máquinas para terraplenagem, óleos combustíveis, suco de laranja não congelado e aviões.

Do lado das importações, cresceram as aquisições de combustíveis e lubrificantes (32,2%), farmacêuticos (31,5%), adubos e fertilizantes (23,1%), aparelhos eletroeletrônicos (8,5%), plásticos (6,5%) e siderúrgicos (4,5%).

Ano

De janeiro até a primeira semana de novembro (216 dias úteis) as exportações brasileiras foram de US$ 196,184 bilhões . Na comparação com o mesmo período de 2013, houve queda de 3,8%. As importações chegaram a US$ 198,802 bilhões . Em relação ao mesmo período do ano anterior, as compras externas retrocederam 3,5%.

No acumulado do ano, o saldo comercial está negativo em US$ 2,618 bilhões . No mesmo período de 2013, o déficit foi de US$ 2,066 bilhões . A corrente de comércio totaliza US$ 394,986 bilhões, com queda de 3,7% em relação ao mesmo período de 2013.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia