IGP-M sobe 0,51% na primeira prévia de novembro, aponta FGV

Um dos destaques foram os Produtos Agropecuários, cujos preços avançaram 2,12%, após queda de 0,23% no mês anterior

Por bruno.dutra

São Paulo - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) avançou 0,51% na primeira prévia de novembro, após recuar 0,07% em igual período do mês anterior, pressionado pela aceleração dos preços produtos agropecuários, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta segunda-feira.

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, acelerou a alta a 0,65% em novembro, após queda de 0,24% na primeira prévia de outubro.

Um dos destaques foram os Produtos Agropecuários, cujos preços avançaram 2,12%, após queda de 0,23% no mês anterior.

Diante de sinais de mais pressão sobre a inflação, o Banco Central surpreendeu ao elevar a Selic para 11,25% no final e outubro.

Segundo a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor, com peso de 30% no IGP-M, avançou 0,29% na primeira prévia deste mês, praticamente repetindo a alta de 0,30% sobre o mesmo período de outubro.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), por sua vez, subiu 0,16% em novembro, contra 0,09% no mês anterior.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia