Paulo Guedes não irá à CCJ debater a reforma da Previdência

Ministro da Economia desiste de participar de encontro com deputados para esclarecer o texto da reforma

Por O Dia

Paulo Guedes
Paulo Guedes -

O ministro da Economia, Paulo Guedes, desistiu de participar da audiência na tarde de hoje, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, para debater a proposta de emenda à constituição da reforma da Previdência. A análise do texto na CCJ é o primeiro passo na tramitação da PEC na Câmara.

O compromisso fazia parte da agenda oficial do ministro. Em nota divulgada nesta manhã, o Ministério da Economia afirma que Paulo Guedes será representado na audiência pela equipe da Secretaria Especial de Previdência do Trabalho:

“O Ministério da Economia informa que a equipe técnica e jurídica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho estará à disposição para representar o ministro Paulo Guedes na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados para esclarecer pontos da PEC 06/2019, nesta terça-feira, 26 de março. A ida do ministro da Economia à CCJ será mais produtiva a partir da definição do relator”.

O encontro com parlamentares na CCJ tem o objetivo de esclarecer dúvidas dos deputados sobre a reforma da Previdência. Os potnos mais sensíveis se referem à contribuição dos militares, a reestruturação da carreira das Forças Armadas e a necessidade de mudança do sistema de Previdência Social do país.

Comentários