Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles - Agência Brasil
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo SallesAgência Brasil
Por IG - Último Segundo

Brasília - Nesta terça-feira, a Justiça Federal adiou a análise do pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles. O julgamento, que deveria acontecer hoje, foi transferido para o dia 3 de novembro. As informações foram dadas pelo G1.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) não deu detalhes sobre o motivo do adiamento.

O pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente foi movido pelo Ministério Público Federal (MPF), em julho.

O órgão acusa Salles de promover a “desestruturação dolosa das estruturas de proteção ao meio ambiente” e favorecer “interesses que não possuem qualquer relação com a finalidade da pasta que ocupa”.

Ricardo Salles nega as acusações e afirma que o pedido se trata de uma “tentativa de interferir em políticas públicas”.

Você pode gostar
Comentários