Músico cabo-friense concorre ao 'BDO Live Festival', Festival de Música nos Estados Unidos

O jovem Diego Brazuca de 35 anos, mora há 13 anos nos Estados Unidos e se formou na 'Orquestra de cavaquinhos' do maestro Budega em Cabo Frio

Por Juarez Volotão

Diego Brazuca, músico cabo-friense
Diego Brazuca, músico cabo-friense -
Cabo Frio - Há 13 anos morando nos Estados Unidos, o jovem cabo-friense de 35 anos, Diego Campos, mais conhecido como Diego Brazuca está participando do BDO Live Festival, o primeiro festival de música autoral para Artistas brasileiros morando na América, levando a arte, o som e Cabo Frio para o mundo. 
O jovem, que atualmente mora na cidade de Springville no estado de Utah nos Estados Unidos, revela que a música fez parte da vida dele desde criança e que tudo o que escutou em casa e na música local, o ajudou na sua formação musical: 'Eu venho de família humilde e a música foi crucial para que eu pudesse desfrutar da dignidade, que todos merecemos, mas que poucos tem esse privilégio, vindo de onde eu vim. A música mudou a minha realidade', afirma ele em entrevista Exclusiva para O Dia. 
 
Diego Brazuca, músico cabo-friense - Acervo pessoal
Com formação em engenharia de áudio e Ciência da Computação na Utah Vallery University e tendo participado, ainda em Cabo Frio, do projeto 'Apanhei-te cavaquinho' e também formado na 'Orquestra de Cavaquinhos' do maestro Budega, Diego Brazuca confessa ter viajado para muitos países, mas em poucos lugares do mundo se encontra tantos talentos para música como em sua terra natal: 'Cabo Frio é uma mini Bahia. O único problema é a falta de oportunidades. Muito talento para pouco espaço, muito talento que não chega a nível nacional. Cabo Frio precisa dar vazão aos seus artistas para que a demanda de bares e casas possam comportar a oferta de talento'. Segundo o músico, a cultura de politização da cidade também existe e reflete na classe musical, gerando falta de oportunidades e forçando a galera a 'brigar' pelas poucas oportunidades que existem, o que é um 'veneno' para qualquer classe, cena e cenário. 
'Ver um ser humano, como o nosso aluno Diego Campos, que na mocidade, muito tenra, despertar interesse na área musical, e assistir, participando dessa importante fase da vida do músico, nos honra e envaidece, por garantir a certeza da importância do projeto 'Orquestra Cavaquinhos' de Cabo Frio, onde muitos jovens são formados no campo musical, despertando talentos, sensibilidades e contribuindo para a inclusão social. Muito feliz com mais essa herança e conquista de nossos descendentes musicais', declara o Maestro Budega, fundador, mentor e curador do projeto. 
Um artista emergente, como gosta de se intitular, Brazuca se declara em fase de investimento, como muitos dos seus colegas de trabalho. Tendo trabalhado muitos anos na indústria de tecnologia, hoje o também empresário é sócio de uma empresa de e-commerce: 'Hoje tenho o privilégio de viver a música e não da música. Continuo trabalhando para mudar isso, mas tento curtir a jornada e lembrar que fazer música vai muito além de fama e dinheiro', desabafa o cabo-friense Diego Brazuca, que está concorrendo ao BDO Live Festival, que está na fase seminal, com votações pelo Youtube. 
Conheça a música do Diego Brazuca, músico cabo-friense: 
 

Galeria de Fotos

Diego Brazuca, músico cabo-friense Acervo pessoal
Diego Brazuca, músico cabo-friense Acervo pessoal

Comentários