O Pint of Science leva cientistas e pesquisadores para os bares das cidades para mostrar ao público como seu trabalho afeta o dia a dia das pessoas - Divulgação
O Pint of Science leva cientistas e pesquisadores para os bares das cidades para mostrar ao público como seu trabalho afeta o dia a dia das pessoasDivulgação
Por Leonardo Maia
Campos — Em 2012, dois pesquisadores do Imperial College London perceberam que era preciso mostrar para a comunidade que o trabalho que faziam não era a inutilidade que muitas pessoas pensam. A universidade abriu suas portas para a população e mostrou como suas pesquisas afetavam positivamente a rotina de todos. Nascia ali a ideia do Pint of Science, que leva cientistas de diversas áreas para palestrar em bares e restaurantes. Sete anos depois, a iniciativa se espalhou pelo mundo. E Campos, pelo segundo ano seguido, será uma das 85 cidades brasileiras que vão participar do projeto. O ciclo começa nesta segunda e vai até quarta-feira, sempre a partir das 19h (veja a programação ao fim da reportagem).
Nascida nos pubs londrinos, o evento poderia se chamar Tulipa de Ciência ou Caldereta de Ciência no Brasil, numa tradução livre.
Publicidade
“O objetivo é promover o conhecimento e o debate sobre a produção científica nas universidades e instituições de ensino superior ao grande público, no ambiente mais informal e descontraído possível”, conta a bióloga Aline Intorne, coordenadora da ação em Campos.
Aline é professora da Uenf e atualmente completa o seu doutorado na universidade americana Texas A&M. Segundo a pesquisadora, é preciso mostrar à comunidade que a universidade é um espaço muito mais diverso e amplo do que meramente a formação de profissionais na graduação.
Publicidade
“Existe a pesquisa, os cursos de extensão, além de inúmeros serviços prestados ao público em diversos segmentos. O Pint é uma forma de estreitar esse laço com as pessoas, de forma agregadora e divertida, mostrando como o nosso trabalho influencia diretamente na vida cotidiana de todos”, frisa.
A programação é bastante diversificada. Saúde, história da cidade, alimentação, meio-ambiente, o futuro da humanidade, há palestras para atender os interesses mais variados.
Publicidade
Em seu segundo ano em Campos, o evento aumenta de dois para três bares. Não há cobrança de consumação mínima. Aline conta que o sucesso da primeira edição levou à necessidade da expansão. Em 2018, os organizadores esperavam bem menos do que as 600 pessoas que acompanharam as palestras. A estimativa para esta edição beira os 900.
No Norte Fluminense, São Fidélis também receberá o Pint of Science.
Publicidade
 
 
Publicidade
Bar Antônio
Tema: Aedes: cadeia nele!
Publicidade
 
 
Publicidade
Dia 20
“Acabamos com os mosquitos ou eles acabam com a gente?”
Publicidade
Palestrante: Richard Ian Samuels (Bacharel em Zoologia (Universidade de Durham), mestre (Universidade de Londres) e doutor (Universidade de Bath). Professor na UENF
 
Publicidade
 
“Barrepel uma nova estratégia no combate ao Aedes aegypti”
Publicidade
Palestrante: Edmilson José Maria (Bacharel e licenciado em Química pela UFJF. Doutor em Ciências/Química Orgânica pela UFMG com estágio no CNRS/ICSN Paris-França. Professor da Uenf.
 
Publicidade
 
Dia 21
Publicidade
Tema: Campos e sua História
“Vila de São Salvador - província do Rio de Janeiro ou do Espírito Santo?”
Publicidade
Palestrante: Carlos Eugênio Soares de Lemos (Formado em História (UNIFLU/FAFIC) e Letras (UFF/CEDERJ). Especialização em História do Brasil (UFF) e Psicanálise (FMC). Professor da UFF.
“Transformações ambientais regionais vinculadas às globais”
Publicidade
Palestrante: Aristides Arthur Soffiati Netto (Graduado em história pela FAFIC, com mestrado em História e doutorado em História Social pela UFRJ. Professor da UFF.
 
Publicidade
 
Dia 22
Publicidade
Tema: Respirar mata mais do que se imagina
“De onde vem as partículas atmosféricas e quais seus efeitos em nossa vida?”
Publicidade
Palestrante: Adriana Gioda (Química, mestre (UFSM) e doutora (UFRJ). Por 5 anos trabalhou na Universidade de Puerto Rico nos Estados Unidos. Professora da PUC-Rio.
 
Publicidade
 
“Impacto da poluição aérea nas doenças respiratórias”
Publicidade
Palestrante: Patrícia Andrade Meireles (Médica Pneumologista pelo Instituto de Doenças do Tórax (UFRJ).
 
Publicidade
 
Bar Sagritos
Publicidade
Tema: Comida, diversão e arte
 
Publicidade
 
Dia 20
Publicidade
“Sim! Nós temos... feijão!”
Palestrante: Rosana Rodrigues (Engenheira agrônoma e mestre pela UFRRJ. Doutora pela UENF com Pós-doutorado em Biologia Molecular na University of Florida. Professora e Pró-Reitora da UENF.
Publicidade
 
 
Publicidade
“Cana-de-açúcar: do campo à cachaça”
Palestrante: Giovane Leal de Souza Silva (professor, engenheiro agrônomo, mestre e doutorando em Fitotecnia pela UFRRJ)
Publicidade
 
 
Publicidade
“Tradição e cultura: a doce literatura campista”
Palestrante: Carmen Eugênia Sampaio de Lemos Gomes (Historiadora pela FAFIC e mestre em Planejamento Regional e Gestão de Cidades pela UCAM. Professora da rede pública municipal, estadual e UNIFLU).
Publicidade
 
 
Publicidade
Dia 21
Tema: Sociedade da (des)informação
Publicidade
“Me engana que eu posto: o problema das Fake News na Ciência”
Palestrantes:
Publicidade
Franz Viana Borges (Biólogo, mestre e doutor pela UENF. Foi professor e coordenador do curso de Ciências Biológicas na Faculdade Metropolitana São Carlos. Professor do IFF.
Fabiane Araújo (bacharel em Sistemas de Informação,mestre pelo IFF, CEO na Empresa de desenvolvimento de software Hendel. Professora da UCAM.
Publicidade
 
 
Publicidade
Dia 22
Tema: Mulher, anzol e tubos de ensaio
Publicidade
“O futuro feminino: desafios e conquistas da mulher na Ciência”
Palestrante: Hingrid Yara Souza Quintino (bióloga, mestre (UFRJ) e doutora (USP). É especialista em besouros e editora e administradora do site Mulheres na Ciência.
Publicidade
 
 
Publicidade
“Mulheres na cadeia produtiva da pesca artesanal”
Palestrante: Suelen Ribeiro de Souzagraduada em História (UNIFSJ), mestre e doutoranda em Políticas Sociais (UENF)
Publicidade
 
 
Publicidade
Armazém Gastropub
Tema: Homem do futuro: você tem medo?
Publicidade
 
 
Publicidade
Dia 20
“Como será o homem do futuro?”
Publicidade
Palestrante: Joao Carlos de Aquino AlmeidaAlmeida (Biólogo, Mestre e Doutor em Biofísica pela UFRJ. Professor da UENF).
 
Publicidade
 
“Sociedade e relações humanas no século XXI”
Publicidade
Palestrante: Gisele Maria Ribeiro de AlmeidaEconomista, Mestre e Doutora em Sociologia pela Unicamp. É professora da UFF)
 
Publicidade
 
Dia 21
Publicidade
Tema: Todos os animais merecem cuidados
“Medicina Veterinária Regenerativa: Uma nova abordagem terapêutica para o seu animal de estimação”
Publicidade
Palestrante: Enrico Jardim Clemente Santos (Biólogo e mestre pela UENF. Fez doutorado na USP e Pós-doutorado na UNIFESP).
 
Publicidade
 
“Um olhar sobre as interações entre o lixo marinho e os animais”
Publicidade
Palestrante: Ana Paula Madeira Di Beneditto (Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Santa Úrsula, professora com mestrado e doutorado em Biociências e Biotecnologia pela UENF).
 
Publicidade
 
Dia 22
Publicidade
Tema: Crianças querem ciência
“Educação Matemática: A OBMEP como instrumento de inclusão social”
Publicidade
Palestrante: Nelson Machado Barbosa,mestre e doutor em Modelagem Computacional (UERJ). Professor da UENF)
 
Publicidade
 
“Divulgando Ciência e despertando vocações”
Publicidade
Palestrante: Marcelo de Oliveira Souza (Bacharel, licenciado, mestre (UFF) e doutor em Física (UFRJ). Professor da UENF, coordenador do Clube de Astronomia Louis Cruls e da entidade internacional Astrônomos sem Fronteiras (UNAWE).
 
Publicidade
 
Mais informações, nos sites:
Publicidade
www.pintofscience.com/www.pintofscience.com.br