O Programa Saúde na Escola de Campos, referência no estado do Rio, ajuda a evitar muitos problemas para os alunos da rede municipal  - Luís Macapá/Arquivo prefeitura de Campos
O Programa Saúde na Escola de Campos, referência no estado do Rio, ajuda a evitar muitos problemas para os alunos da rede municipal Luís Macapá/Arquivo prefeitura de Campos
Por O Dia
Campos — Referência no estado do Rio, o Programa Saúde na Escola (PSE) de Campos vai concorrer com cinco projetos em um prêmio promovido pela Organização Pan-Americana de Saúde e Organização Mundial de Saúde.
O concurso tem foco em trabalhos que priorizem a Atenção Primária à Saúde (APS), que dinamizam e universalizam o acesso da população ao sistema de saúde, evitando a sobrecarga em unidades para atendimentos mais graves e complexos.
Publicidade
“O objetivo é identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas locais, municipais ou regionais que tenham como foco a melhoria da APS”, reforça Catia Mello, coordenadora do PSE no município. “Os trabalhos enviados por Campos contêm relatos de experiências que se combinam com uma das temáticas propostas e que busquem iniciativas de ampliação do acesso da população às ações e atividades de promoção da saúde”.
Os projetos selecionados foram:“Programa Saúde na Escola & Rede Cegonha”; “Equipe Exclusiva Saúde na Escola em Município com Baixa Cobertura de Estratégia Saúde da Família”; “Direito Sexual e Reprodutivo da População Adolescente”; “Desenvolvendo Habilidades, Promovendo Aprendizagens” e “Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.
Publicidade
Os autores dos três programas vencedores ganharão a oportunidade de vivenciar uma experiência internacional de organização de redes de atenção à saúde primária.