Agilizar o escoamento da produção agrícola do Norte Fluminense é o objetivo da criação do Conselho de Abastecimento Regional - Reprodução internet
Agilizar o escoamento da produção agrícola do Norte Fluminense é o objetivo da criação do Conselho de Abastecimento RegionalReprodução internet
Por O Dia
Campos — A agropecuária é a vocação econômica mais forte da região Norte Fluminense, mas a desarticulação e a falta de um olhar mais atento às suas demandas por esferas governamentais superiores dificultam o escoamento da produção e o crescimento do setor. Com isso em mente, secretários de agricultura, pecuária, abastecimento e pesca de sete municípios se reuniram em Campos para oficializar a formação do Conselho de Abastecimento Regional, num primeiro passo motivado pela criação da Central de Abastecimento de Campos (Ceascam), que tem inauguração prevista para o fim do ano.
O objetivo do conselho é ser um fórum para que os vários municípios apresentem seus problemas, suas demandas e necessidades, e articulem com os vizinhos formas de dinamizar os negócios dos produtores locais, além de articular uma representação que possa levar essas questões com maior força política a órgãos governamentais.
Publicidade
“A expectativa é muito grade, por causa da capacidade de produção de cada município e que não tínhamos como escoar”, comenta Nildo Cardoso, superintendente de Abastecimento de Campos.
Participaram do encontro inaugural do Conselho de Abastecimento, além de Cardoso, o secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Pesca de São Fidélis, Pedro Luis Guarino Barroso; o secretário de Agricultura de São João da Barra, Osvaldo Barreto; o secretário de Agropecuária de Conceição de Macabu, Marlon Abreu Gomes; o secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca de Caparebus; Willison da Silva Mussi; o secretário de Agricultura de Cardoso Moreira, Flávio da Silva Ferreira; o secretário de Agricultura e Pesca de São Francisco de Itabapoana; José Renato dos Santos Barreto.
Publicidade
Também terão representantes no comitê os municípios de Santa Maria Madalena, Trajano de Moraes, Casimiro de Abreu, Italva e Itaocara.