Diversas cores do iPhone 11 - Divulgação
Diversas cores do iPhone 11Divulgação
Por Marco Sá
Desde terça-feira (4), a Apple ultrapassou US$ 1,88 trilhão em valor de mercado. Segundo dados do Banco Mundial, o Produto Interno Bruto (PIB, que mede a riqueza de uma nação) do Brasil alcançou US$ 1,84 trilhão em 2019.
Isso faz com que a mais valiosa companhia de capital aberto do mundo tenha superado o PIB brasileiro. O bom momento da Apple, que divulgou seu balanço na última quinta-feira, animou o mercado, fazendo com que as ações se valorizassem 14% ontem, fechando em US$ 440.
Publicidade
Mesmo com o fechamento de lojas físicas devido ao isolamento social, entre março e junho, a Apple teve uma sensível alta na venda de iPhones, além da receita da venda de iPads ter subido 31% e serviços como Apple Music e Apple TV+ terem faturado o maior volume de um trimestre da história da empresa.
Em breve, a gigante do Vale do Silício pode ser a primeira a atingir US$ 2 trilhões, bastando, para isso, que as ações tenham uma valorização de 4%. Logo depois dela, estão também outras empresas também conhecidas como big tech: Microsoft e Amazon, que valem US$ 1,62 trilhão e US$ 1,6, respectivamente.