Xiaomi Mi 10 Ultra - Divulgação
Xiaomi Mi 10 UltraDivulgação
Por Marco Sá
Comemorando seus 10 anos de existência, a chinesa Xiaomi lançou recentemente o Mi 10 Ultra, o primeiro da marca a ter carregamento rápido de 120 Watts. O início das vendas no mercado local ontem (16) revelou uma surpresa no volume de vendas, apesar do preço elevado. A fabricante divulgou um faturamento de US$ 57,7 milhões (cerca de R$ 316 milhões, na conversão direta) nos primeiros 10 minutos.
Apesar de não divulgar o volume de unidades vendidas, o Gizmochina calcula, levando em conta os preços das variantes dos equipamentos, que deve girar em torno de 57 mil e 75 mil. O conjunto de câmeras é outro destaque do caçula da linha Mi 10. No ranking DxOMark, o smartphone alcançou 130 pontos, levando-o à liderança absoluta nos testes realizados em fotos e vídeos.
Publicidade
Ainda restrito à China, em conversão direta, os preços vão de R$ 4.141 a 5.478. A Xiaomi não costuma vender oficialmente seus tops de linha no Brasil, sendo necessário recorrer à importação ou lojas especializadas.