Rede social terá seção dedicada a notícias selecionadas
 - AFP Photo / Lionel Bonaventure
Rede social terá seção dedicada a notícias selecionadas AFP Photo / Lionel Bonaventure
Por Marco Sá
Desde a metade do ano passado, o Facebook News oferece para os usuários dos Estados Unidos conteúdo com curadoria fornecido por parceiros. Hoje, a rede social anunciou que deve estender o serviço, dentro de seis meses a um ano, para outros países, como Reino Unido, Alemanha, França, Índia e Brasil.
O serviço fica localizado em uma seção dentro do próprio Facebook, com conteúdo selecionado que inclui notícias globais e regionais, conforme a localização do usuário. Diferente do Google Notícias, a rede comandada por Mark Zuckerberg paga aos parceiros. A empresa constatou que mais de 95% do tráfego que o Facebook News entrega aos editores é incremental em relação ao tráfego que já recebem do Feed de notícias. 
Publicidade
Seção de notícias do Facebook - Divulgação
"Iremos trabalhar em conjunto com os parceiros de notícias de cada país para personalizar o conteúdo e oferecer uma experiência valiosa para as pessoas, enquanto honramos o modelo de negócios das editoras", disse em comunicado Campbell Brown, Vice-Presidente de Parcerias Globais para Notícias no Facebook.